Stellars Club

A primeira Copa do Mundo

Quando alguém fala sobre o título mais importante a que um jogador de futebol pode aspirar, a imagem de um troféu vem à mente: A Copa do Mundo. Desde que o desenho de Silvio Gazzaniga foi escolhido como o vencedor entre mais de 50 desenhos em 1972, a FIFA e todo o mundo esportivo foram cativados pela singularidade e significado de seu troféu.

A espetacularidade da escultura era evidente com seus 36,8 centímetros de altura e seus 5 quilos de ouro puro. A base também contém dois discos de malaquite, uma pedra semipreciosa verde, o que torna absolutamente impossível a criação de dois troféus idênticos. Tanto sua forma quanto seu brilho tornam este troféu hipnótico para qualquer pessoa que possa observá-lo pessoalmente.

Seu design curiosamente convida você a fazer exatamente o que ele simboliza. Duas figuras humanas levantam o globo alegremente em vitória sobre o resto das nações.

Um simbolismo que longe de aumentar as diferenças entre os países convida à unidade e à alegria, independentemente de raça, sexo ou idade. Desde 1974, dezenas de milhares de jogadores de todo o mundo ansiavam por levantá-lo, mas apenas 12 capitães foram capazes de fazê-lo. Apesar de estar na imaginação coletiva como o Troféu por excelência, ele não foi o único concedido pela FIFA.

Que troféu estava lá então e quem foi o primeiro a ganhá-lo?

Jules Rimet foi nomeado o terceiro Presidente da FIFA em 1921. Após o final da Primeira Guerra Mundial ter vencido a Croix de Guerre, ele decidiu criar um troféu que simbolizaria algo mais glorioso e humano para o vencedor da primeira Copa do Mundo internacional a ser realizada em 1930.

O escultor francês Abel Lafleur foi contratado para a ocasião e ele não decepcionou. Se eles queriam criar um prêmio para a equipe vencedora, ninguém melhor que a deusa grega Nike, deusa da vitória, como figura principal do troféu. Na escultura, ela pode ser vista segurando um copo decagonal no topo, do qual os vencedores beberiam.

Com 35 centímetros de altura, a Copa Victoria era feita de prata dourada com uma base de lápis lazúli, tornando-a um dos troféus mais caros da época. O Uruguai foi o primeiro país a sediar a Copa do Mundo e, por sua vez, foi a primeira equipe a ganhar o troféu. Seguiram-se a Itália (1934, 1938), Uruguai (1930, 1950), Alemanha (1954), Inglaterra (1966) e Brasil (1958, 1962, 1970).

Tendo vencido sua terceira Copa do Mundo da FIFA no México 1970, a seleção brasileira ganhou o direito de manter a Copa Jules Rimet, de acordo com os regulamentos da FIFA, e assim a Copa atual foi projetada.

Relacionado

Você quer saber mais?